Perfil financeiro: como descobrir o seu! Blog Mais Valor

30/06/2021

Perfil financeiro: como descobrir o seu!

Conheça os 5 perfis financeiros dos brasileiros e como identificá-los!

Se você quer poupar dinheiro, investir ou até mesmo ter uma relação mais saudável com o seu dinheiro, descobrir o seu perfil financeiro é primeiro passo!

Isso porque, saber como você lida com o dinheiro, seus pontos fracos e qualidades é determinante para traçar metas mais realistas e conscientes para realizar os seus sonhos. Além de facilitar bastante a tomada de decisões.

Para te ajudar com isso, preparamos uma explicação sobre os perfis financeiros dos brasileiros e como identificá-los.

Confira o artigo abaixo, descubra como você lida com dinheiro e veja como melhorar a sua vida financeira!

O que é perfil financeiro?

Basicamente, perfil financeiro é um conjunto de características que apontam como cada pessoa lida com o dinheiro. Dessa forma, é possível identificar qual o seu comportamento na hora das finanças e avaliar seus pontos fortes e fracos.

Nesse contexto, a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), em 2017, realizou uma pesquisa para identificar quais são os perfis financeiros dos brasileiros.

Após analisar a resposta dos participantes, a associação identificou que existem cinco principais perfis financeiros no Brasil, sendo:

  • Despreocupado
  • Camaleão
  • Construtor
  • Planejador
  • Sonhador

Os 5 perfis financeiros dos brasileiros

Despreocupado

Segundo a pesquisa, cerca de 11% da população não tem atenção com dinheiro. Geralmente são pessoas que não têm o costume de planejar e vivem um dia de cada vez.

Algumas características comuns, são: se deixar levar pelas emoções, ser exageradamente otimista, comprar por impulso e não planejar as finanças ou poupar para emergências e investimentos.

Falando no assunto, dá uma olhada nestes 7 métodos para poupar dinheiro rápido.

Por exemplo, a frase: “Não me preocupo tanto em poupar, prefiro viver o presente”, foi citada por 63,66% dos entrevistados que se enquadram na categoria.

Entretanto, eles mostram bastante criatividade para resolver problemas, conseguindo dinheiro extra, empréstimos ou doações.

Inclusive, os membros desse grupo geralmente possuem algum aporte financeiro dos pais, família, etc.

Segundo ANBIMA, as principais características dos despreocupados, em % são:

  • 44% do Sudeste, seguida pela região Nordeste (25%), Norte/Centro-Oeste (17%) e Sul (15%).
  • 49% deles têm ensino médio; 31%, ensino fundamental e 20%, superior.
  • 70% são da classe C, seguida pela classe B (23%) e classe A (7%).
  • 17% nasceram até 1996 (geração z). Na sequência vem os baby boomers (12%) e geração Y/millennials (10%) e geração X (10%).

Camaleão

Esse é o segundo maior grupo da lista, com 29% da população. Pessoas com esse perfil se adaptam bem a mudanças financeiras, e conseguem lidar sem dificuldades com altas e baixas no rendimento. É o famoso “jeitinho brasileiro”.

É comum que as pessoas desse grupo tenham dificuldade em guardar dinheiro e geralmente apresentam uma visão realista do dinheiro, por isso é comum fecharem o mês no 0 a 0 - sem dívida, mas sem sobra.

Além disso, por causa da falta de planejamento, estão mais suscetíveis às dívidas e apertos financeiros.

Porém, lidam bem com situações ruins e têm uma atitude positiva sobre as coisas. Por isso, mesmo sem planejar o futuro ou investimentos, o camaleão sabe utilizar seu dinheiro e sempre encontra uma maneira de sair do vermelho.

Segundo ANBIMA, as principais características do perfil camaleão em % são:

  • Os camaleões estão divididos principalmente entre a geração x (nascidos entre 1965 e 1977) e baby boomers (nascidos entre 1945 e 1964), com 34% cada um.
  • 55% são mulheres e 47% homens.
  • 55% do grupo é casado.
  • 76% tem filhos.
  • 73% estão na classe C, 25% na classe B e 2% na A.
  • 32% possuem ensino fundamental, 46% médio e 22% superior.

Construtor

O construtor é o perfil mais comum no Brasil e representam 30% dos pesquisados. Eles são disciplinados e como o nome sugere, constroem sua vida financeira.

São pessoas atentas ao planejamento e dificilmente se arriscam, pois, preferem ficar seguras em todas as situações.

Porém, isso não significa que não se arriscam. Pessoas com esse perfil não se deixam intimidar por desafios e batalham bastante para realizar seus objetivos, com paciência, cautela e dando um passo por vez.

Segunda a ANBIMA para o construtor, “conquistar algo sem esforço não está nos seus planos, pois nesse caso ele seria privado de grande parte do prazer da conquista. Portanto, para o construtor, o esforço é parte intrínseca do valor do dinheiro, algo que imprime ainda mais importância à soma acumulada”.

Segundo ANBIMA, as principais características do perfil construtor em % são:

  • 52% são homens, enquanto 48% mulheres.
  • 51% das pessoas com esse perfil são casadas ou moram com companheiro, enquanto 33% são solteiras, 11% são separados/divorciados e 5% são viúvas.
  • 68% tem filhos. Desses, predominam os construtores com dois filhos (23%), em média.
  • 50% possuem ensino médio, seguido pelo ensino fundamental com 28% e superior, com 22%.
  • 65% estão na classe C, em seguida vem a classe B (32%) e classe A (3%).
  • 48% está na região Sudeste, 20% Nordeste, 19% no Sul, 13% no Norte e 14% no Centro-Oeste.

Planejador

22% dos brasileiros são pragmáticos, realistas e focadas em resultados. Por isso, representam o público tradicional do mercado financeiro, para eles o importante é traçar bons planos para alcançarem seus objetivos.

A regra geral para esse grupo é: acumular dinheiro e nunca se endividar. Independentemente da classe social, o planejador é conhecido com alguém focado e bem-sucedido nos negócios, investimentos ou trabalho.

Segundo ANBIMA, as principais características do perfil planejador em % são:

  • 57% são homens.
  • 53% dos planejadores são casados ou moram com o companheiro.
  • 61% têm filhos.
  • 32% dos planejadores têm ensino superior, 50% com ensino médio e 19% fundamental.
  • 57% deles pertencem à classe C e B (36%) e o restante à classe A (7%).

Sonhador

Esse é menor grupo da lista e representa 6% dos brasileiros. Em linhas gerais, eles enxergam o dinheiro como uma oportunidade para realizarem seus objetivos, mas ao contrário dos planejadores, são muitas vezes motivados pela paixão e colocam o emocional a frente do racional.

É comum que tenham objetivos grandiosos, grande parte distantes ou exijam um alto investimento. Mesmo assim, se mantêm focados em seus objetivos e se arriscam para alcançá-los.

Por isso, eles também costumam ter um perfil ousado para investimentos. Não se preocupam em assumir riscos, desde que consigam ganho acima da média.

Porém, esse é um ponto de atenção, pois é comum tomarem decisões por impulso e sem planejamento.

Segundo ANBIMA, as principais características do perfil sonhador em % são:

  • 62% são homens, enquanto 38% mulheres.
  • 52% solteiros.
  • 54% tem filhos.
  • 52% dos sonhadores têm ensino médio, enquanto 26% têm ensino fundamental e 22%, ensino superior.
  • 65% estão na classe C, 31% na classe B e 4% na classe A.

Como identificar o meu perfil financeiro?

O primeiro passo é a informação. Leia com atenção as características que nós listamos acima e vá observando com quais delas você se identifica.

Se você busca uma vida financeira mais saudável, deve ser honesto consigo mesmo e ficar atento aos seus pontos fortes e fraquezas.

O perfil financeiro define como você enxerga o seu dinheiro, porém não significa que você não possa mudá-lo. A regra é encontrar um equilíbrio e buscar sempre métodos para utilizar o seu dinheiro com sabedoria.

E aí, já sabe qual o seu perfil financeiro? Converse com um dos nossos consultores e veja quais soluções nós podemos oferecer e como podemos te ajudar a escolher a alternativa certa para você!

Fontes: