7 passos para conquistar a sua independência financeira Blog Mais Valor

22/10/2020, atualizada em: 22/10/2020

7 passos para conquistar a sua independência financeira

Muita gente sonha em conquistar a tão desejada independência financeira. Alguns buscam tranquilidade para viajar, estudar e adquirir bens; enquanto outros querem simplesmente obter a independência necessária para não precisarem do dinheiro dos pais e familiares.

Entre tanto, para atingir esse objetivo é necessário muito controle e atenção, até porque além de englobar aspectos relacionados ao conforto financeiro, a independência financeira representa a capacidade de sobreviver sem precisar de um trabalho fixo - apenas a partir do rendimento do seu patrimônio e de investimentos.

Para ajudá-lo com isso, listamos aqui abaixo alguns passos valiosos, capazes de ajudar você nesse processo, confira!

Faça um orçamento

Esse é o ponto de largada para quem busca independência e liberdade financeira. A partir de uma planilha de orçamento pessoal você será capaz de identificar qual a sua atual condição financeira para começar a traçar os próximos passos.

Ela não precisa ser muito elaborada, basta listar todas as suas entradas e saídas, incluindo aqueles gastos menores do dia-a-dia, que de vez em quando passam despercebidos. Existem alguns aplicativos que podem ajudar você a se organizar e listar essas movimentações de maneira prática e organizada.

Quite suas dívidas

Não é possível ser independente financeiramente possuindo dívidas, por isso mapeie todas as suas pendências e as inclua no seu orçamento. O período de transição entre a sua atual situação financeira e ponto no qual você pretende chegar, tende a ser bem difícil, porque exige que você freie os seus gastos e corte algumas coisas do orçamento.

Uma dica bastante valiosa é guardar parte da sua renda mensal. Determine uma porcentagem fixa que se adéque a sua realidade e torne deste hábito um compromisso. Este simples ato é determinante para garantir a sua independência financeira.

3. Trace seus objetivos

Para se organizar financeiramente, é essencial que você defina com atenção todos os seus objetivos: os de curto, médio e longo prazo. Fica muito mais fácil chegar a eles se você dividir a sua meta em pequenas partes, por exemplo, para comprar um carro você deve primeiro, listar as opções, escolher o modelo ideal e depois traçar um plano com metas mensais para adquirir o veículo. Neste caso, o consórcio pode ser uma opção bastante vantajosa, principalmente para quem não possui uma renda mensal muito alta.

Se você mora com outras pessoas e divide com elas os seus gastos, é importante que todos conversem e estejam alinhados e comprometidos com as metas. Porque sem a mudança no seu comportamento e no da sua família é quase impossível que o seu o objetivo seja conquistado.

4. Defina prazos e identifique o tempo necessário para alcançar a sua independência financeira

A primeira coisa que você deve ter em mente é que não se trata de idade ou de ser rico ou pobre. O objetivo final é individual, por isso não existe um valor certo para alcançar... Esse número deve ser definido por você.

Neste contexto, você deve definir uma idade que guiará a sua organização financeira. Uma vez feito isso, você só precisa seguir o plano e saber sempre o próximo passo. Quanto mais tempo você tiver para organizar isso, melhor será o seu planejamento.

Além do mais, a tendência é de que, no início, você comece apenas colocando as contas em dias e guardando dinheiro, para depois investir e encontrar alternativas para ampliar a sua renda.

5. Invista em si mesmo e desenvolva a sua carreira profissional

Para alcançar sucesso financeiro é muito importante que você planeje a sua carreira e invista constantemente em educação e preparo. Os degraus ficam muito mais fáceis de subir quando você está preparado e capacitado para exercer o seu trabalho.

Não importa se você pretende abrir o próprio negócio ou ser contrato, não é possível crescer sem investir em educação!

6. Tenha sempre uma reserva para emergências

Nunca se sabe o dia da amanhã, mesmo quem depende de uma renda fixa, precisa sempre estar preparado para eventuais gastos extras. Além disso, o hábito de guardar dinheiro é extremamente necessário para quem quer se tornar independente financeiramente.

7. Invista o seu dinheiro

Este momento é quando você começará a ver os primeiros resultados do seu esforço. Busque alternativas de investimento capazes de fazer render o seu dinheiro, para que você seja capaz de se manter, sem que haja a necessidade de trabalhar - mesmo que por um período curto de tempo. Afinal, escolher como, quando ou com o que trabalhar é a principal conquista para quem busca independência financeira!

Uma alternativa é investir em bens que possam gerar retorno no futuro e que garantam maior estabilidade para a sua família. A compra de imóveis, por exemplo, é uma opção bastante bem-vinda, uma vez que: além de conquistar a sua casa própria, você pode também obter uma renda extra com o aluguel.

Converse com um dos nossos consultores e veja como podemos te ajudar a alcançar os seus sonhos, temos várias opções de empréstimo, crédito consignado, consórcios e muito mais! Basta escolher o que combina com você e com a sua família para começar a alcançar os seus objetivos!